MISTéRIOS GOZOSOS


Vem cá beleza
Vem cá benzinho
Qué fazê sacanagem
Com uma brasileira?
Vam fudê vam
Vam buchê vam
Na bunda vam

É uma peça de Oswald de Andrade, autor chave do movimento modernista brasileiro, cuja obra, profundamente política, alegre e debochada, inspirou o tropicalismo dos anos 60.

O texto é uma adaptação musicada por José Miguel Wisnik do poema dramático O Santeiro do Mangue, mistério gozozo – à moda de ópera. A ação se passa nos trópicos, mais precisamente no Mangue do Rio de Janeiro – a mais famosa zona de prostituição brasileira nos anos 40. Ela conta a história de um vendedor de santos dividido entre a sua família que mora no morro e uma jovem prostituta do Mangue.

A peça foi apresentada nas ruas do centro de São Paulo durante o Carnaval de 1994 para mais de 4.000 espectadores. Sua temporada no Teatro Oficina durou de dezembro de 1994 a maio de 1995.



Voltar

[+]

NOTÍCIAS

23/01/2017 Navalha na Carne chega em Fortaleza para sessão única de teatro carnal
19/01/2017 Bacantes verão 2017 | Vem pro Oficina!
20/12/2016 Bacantes | 29 anos da ethernidade de Luis

[+]


AGENDA

31/01/2017 Navalha na Carne em Fortaleza | Sessão única d teatro carnal na Bienal da UNE
23/01/2017 Bacantes verão 2017 | Vem pro Oficina!
17/12/2016 Último fim de semana de bacantes! | vem vadiar no meu cordão

[+]